Autarcas propõem criação da primeira equipa comunitária de Saúde Mental no Médio Tejo

saúde mental

Foto ilustrativa/DR

O Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo, reunido a 6 de junho, na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, em Vila de Rei, tomou uma posição sobre a Saúde Mental no Médio Tejo.

Miguel Pombeiro, secretário executivo da CIM do Médio Tejo, afirma que no âmbito da Saúde Mental “chega-se à conclusão que há um conjunto de carências muito relevantes de apoio e na interligação dos agentes no território”.

Neste sentido, os presidentes analisaram o dossiê sobre as carências e os problemas ligados à Saúde Mental no Médio Tejo e decidiram formalizar junto do Sra. Ministra da Saúde, Marta Temido, que seja tomada a decisão formal, de acordo com a proposta técnica existente, a criação da primeira equipa comunitária de Saúde Mental no Médio Tejo.

Para além da criação da primeira equipa comunitária, são um conjunto de medidas que a CIM do Médio Tejo propõe, nomeadamente: a criação de uma Residência de Apoio Máximo para proporcionar a continuidade dos cuidados em saúde mental de forma digna, para diminuir o número de reinternamentos e o agravamento da doença, mantendo os doentes junto da sua comunidade. Como também, que se crie uma Rede da Saúde Mental do Médio Tejo - Rede SAME MT para a conveniente e eficiente articulação intermunicipal de todos os intervenientes desta temática na região.

Não menos importante, e tendo em conta o trabalho que o CHMT e o ACES do Médio Tejo vêm desenvolvendo, será igualmente importante considerar uma Residência Autónoma de Saúde Mental e as Unidades Sócio Ocupacionais para dar a adequada continuidade aos cuidados em saúde mental, nomeadamente a determinados doentes sem suporte familiar ou social, cujo número é significativo no Médio Tejo.

No conjunto de propostas elencadas pelos diversos parceiros há uma serie de fatores a ter em conta na detenção da doença. Em concreto: definir uma maior proximidade entre os diversos serviços de saúde e as instituições de apoio à saúde mental; Criar protocolos com a Comunidade Escolar do Médio Tejo;Criar Equipas Especializadas de Sinalização; Acompanhamento e Impulsionar a constituição de uma Rede alargada de Saúde Mental e reforçar os recursos humanos, nomeadamente o número de médicos pedopsiquiatras e psicólogos.

No apoio à doença, foi manifestado como necessário: Criar uma equipa multidisciplinar disponível e com competência nesta área para apoio aos cuidadores;Implementar o “Gabinete de Apoio Psicossocial” ; Definir coordenadores e/ou gestores de casos/equipa entre os Hospitais e os Cuidados de Saúde Primários;Criar uma Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental; Disponibilizar recursos humanos em ambulatório (psicólogos e enfermeiros);Criar “Fórum Sócio Ocupacional” e Criar Equipas de Apoio Domiciliário.

Já no acompanhamento e pós tratamento da doença, para a CIM do Médio Tejo é crucial criar um plano de acompanhamento da pessoa doente e da família; Viabilizar respostas no âmbito psicossocial e reintegração; Criar Equipas Especializadas para Acompanhamento Pós Tratamento; Criar um Lar Residencial para doentes com doença mental; Definir estratégias para o financiamento para a construção ou adaptação de estruturas para o desenvolvimento de Residências Autónomas e de Treino de Autonomia e Promover ações de informação e sensibilização sobre saúde mental junto da população.

Recorde-se que a região do Médio Tejo apenas dispõe de Serviços de Apoio à Saúde Mental no âmbito do Centro Hospitalar do Médio Tejo - Serviço de Psiquiatria, e do Agrupamento de Centros de Saúde Médio Tejo - ACES do Médio Tejo. 

Notícias

Prev Next

II Encontro dos Museus do Médio Tejo tem inscrições abertas

  “Museus em tempos de pandemia” é o tema do II Encontro da Rede de Museus do Médio Tejo-RMMT que se realiza no dia 9 de novembro, ao longo de todo...

20-10-2020

Seminário sobre violência doméstica resulta em dia de partilha e de consciencialização

Um dia de emoções, partilha de experiências e de conhecimentos para o combate à violência doméstica foi o resultado do dia de ontem, 15 de outubro, no Centro Cultural Elvino...

16-10-2020

Queremos “caminhar” em 2021

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e os seus municípios não levaram a efeito os dois ciclos do projeto Caminhos - Programação Cultural em Rede no Médio Tejo: Caminhos do...

24-09-2020

CIM do Médio Tejo vê candidatura aprovada para a formação na área da violência doméstica

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo viu aprovada, no dia 25 de agosto, uma candidatura que se destina à Formação de Públicos Estratégicos.

22-09-2020

6.ª reunião extraordinária da CIM do Médio Tejo descentralizada em Alcanena

Teve lugar na manhã de hoje, dia 17 de setembro, a 6.ª reunião extraordinária do Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo, no auditório municipal dos Paços do Concelho, em...

17-09-2020

Pisa para as Escolas marca arranque do ano letivo no Médio Tejo

O arranque do ano letivo 2020/2021 traz novidades no Médio Tejo. Chama-se PISA para as Escolas e vai ser uma realidade para os alunos da nossa região.

16-09-2020

Médio Tejo: CIM e Municípios solicitam reunião à tutela sobre a Depressão Elsa

  O Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo, realizado no passado dia 10 de setembro, deliberou, por unanimidade, solicitar uma reunião, com caracter de urgência, ao Secretário de Estado da...

15-09-2020

Fenómeno da Violência Doméstica é tema de Seminário

“Reflexões sobre o fenómeno da violência doméstica” é o mote do Seminário que a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e os seus municípios vão levar a cabo no próximo dia...

14-09-2020

Médio Tejo: Autarcas contra redução de verbas no ensino da música e da dança

O Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo tomou, na última reunião deste órgão, decorrida a 10 de setembro, uma posição desfavorável quanto à redução significativa do apoio prestado ao...

11-09-2020

Eventos

logo-Turismo

Logo-SIG

Logo-CC

Logo-TP