Autarcas propõem criação da primeira equipa comunitária de Saúde Mental no Médio Tejo

saúde mental

Foto ilustrativa/DR

O Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo, reunido a 6 de junho, na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, em Vila de Rei, tomou uma posição sobre a Saúde Mental no Médio Tejo.

Miguel Pombeiro, secretário executivo da CIM do Médio Tejo, afirma que no âmbito da Saúde Mental “chega-se à conclusão que há um conjunto de carências muito relevantes de apoio e na interligação dos agentes no território”.

Neste sentido, os presidentes analisaram o dossiê sobre as carências e os problemas ligados à Saúde Mental no Médio Tejo e decidiram formalizar junto do Sra. Ministra da Saúde, Marta Temido, que seja tomada a decisão formal, de acordo com a proposta técnica existente, a criação da primeira equipa comunitária de Saúde Mental no Médio Tejo.

Para além da criação da primeira equipa comunitária, são um conjunto de medidas que a CIM do Médio Tejo propõe, nomeadamente: a criação de uma Residência de Apoio Máximo para proporcionar a continuidade dos cuidados em saúde mental de forma digna, para diminuir o número de reinternamentos e o agravamento da doença, mantendo os doentes junto da sua comunidade. Como também, que se crie uma Rede da Saúde Mental do Médio Tejo - Rede SAME MT para a conveniente e eficiente articulação intermunicipal de todos os intervenientes desta temática na região.

Não menos importante, e tendo em conta o trabalho que o CHMT e o ACES do Médio Tejo vêm desenvolvendo, será igualmente importante considerar uma Residência Autónoma de Saúde Mental e as Unidades Sócio Ocupacionais para dar a adequada continuidade aos cuidados em saúde mental, nomeadamente a determinados doentes sem suporte familiar ou social, cujo número é significativo no Médio Tejo.

No conjunto de propostas elencadas pelos diversos parceiros há uma serie de fatores a ter em conta na detenção da doença. Em concreto: definir uma maior proximidade entre os diversos serviços de saúde e as instituições de apoio à saúde mental; Criar protocolos com a Comunidade Escolar do Médio Tejo;Criar Equipas Especializadas de Sinalização; Acompanhamento e Impulsionar a constituição de uma Rede alargada de Saúde Mental e reforçar os recursos humanos, nomeadamente o número de médicos pedopsiquiatras e psicólogos.

No apoio à doença, foi manifestado como necessário: Criar uma equipa multidisciplinar disponível e com competência nesta área para apoio aos cuidadores;Implementar o “Gabinete de Apoio Psicossocial” ; Definir coordenadores e/ou gestores de casos/equipa entre os Hospitais e os Cuidados de Saúde Primários;Criar uma Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental; Disponibilizar recursos humanos em ambulatório (psicólogos e enfermeiros);Criar “Fórum Sócio Ocupacional” e Criar Equipas de Apoio Domiciliário.

Já no acompanhamento e pós tratamento da doença, para a CIM do Médio Tejo é crucial criar um plano de acompanhamento da pessoa doente e da família; Viabilizar respostas no âmbito psicossocial e reintegração; Criar Equipas Especializadas para Acompanhamento Pós Tratamento; Criar um Lar Residencial para doentes com doença mental; Definir estratégias para o financiamento para a construção ou adaptação de estruturas para o desenvolvimento de Residências Autónomas e de Treino de Autonomia e Promover ações de informação e sensibilização sobre saúde mental junto da população.

Recorde-se que a região do Médio Tejo apenas dispõe de Serviços de Apoio à Saúde Mental no âmbito do Centro Hospitalar do Médio Tejo - Serviço de Psiquiatria, e do Agrupamento de Centros de Saúde Médio Tejo - ACES do Médio Tejo. 

Notícias

Prev Next

Rede de transportes para todos os passageiros do Médio Tejo com novo aumento da oferta a partir de 1 de junho

Com o arranque das aulas presenciais para os alunos do ensino secundário e com a abertura de um conjunto de serviços no dia 18 de maio, considerou a CIM do...

29-05-2020

Médio Tejo: Abertura gradual de Museus deve considerar recomendações de boas práticas

Desde o passado dia 18 de maio, que os Museus poderão abrir as suas portas ao público, após o período de confinamento social. Neste sentido, a Rede de Museus do...

21-05-2020

Rede de transporte alargada e gratuita para todos os passageiros do Médio Tejo

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e os seus Municípios associados, em estreita articulação com os Operadores de Transporte, procederam ao alargamento da rede de serviços essenciais de transporte, vigente...

16-05-2020

Programa Caminhos suspenso

Devido à situação epidemiológica do Coronavírus – COVID-19 que assola o país, a CIM do Médio Tejo e os seus municípios associados decidiram no Conselho Intermunicipal, do dia 14 de...

15-05-2020

BTL agendada para 3 a 7 março de 2021

A Bolsa de Turismo de Lisboa já não se irá concretizar de 27 a 31 de maio de 2020, como inicialmente tinha sido comunicado, tendo a sua entidade organizadora, a...

12-05-2020

Utilização de Máscaras de Proteção

Segundo, a Direção-Geral da Saúde (DGS) o uso de máscaras faciais pelas pessoas em geral passa a ser considerado quando houver um número elevado de pessoas num espaço interior fechado...

11-05-2020

Rede gratuita garante transporte às principais ligações do Médio Tejo

Apostada em garantir o transporte público a todos os cidadãos que necessitem de se deslocar nesta fase de pandemia que o país atravessa, a CIM do Médio Tejo, em parceria...

29-04-2020

CIM do Médio Tejo distribui pelos municípios Equipamento de Proteção Individual

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo procedeu à aquisição de equipamentos de proteção civil e material diverso, que começaram a ser entregues junto dos seus municípios associados.

27-04-2020

Rede de serviços mínimos de transporte já disponível

Dia 27 de abril entra em vigor uma rede gratuita de serviços mínimos de transporte para os cidadãos do Médio Tejo, que necessitem de utilizar o transporte público. Esta rede...

24-04-2020

Eventos

logo-Turismo

Logo-SIG

Logo-CC

Logo-TP