A qualidade de vida dos cidadãos é determinada pela diminuição das suas vulnerabilidades, não só em situações quotidianas, mas também em contextos de acidente grave e catástrofe. Os últimos podem ser desencadeados por eventos naturais ou tecnológicos e englobam acontecimentos menos frequentes, como sismos, roturas de barragens ou ameaças NRBQ (nucleares, radiológicas, biológicas ou químicas), a par de cenários mais usuais de cheias, incêndios florestais ou acidentes no transporte de mercadorias perigosas.

A exigência de proteger e auxiliar as pessoas e os recursos (naturais e materiais) do Médio Tejo motiva o apoio desta comunidade intermunicipal à missão da Proteção Civil na região, concretizado em projetos estruturantes de otimização da resposta operacional prestada pelas entidades envolvidas nas fases de prevenção/planeamento (identificação e análise de riscos, definição de normas e procedimentos, atenuação de efeitos e ações de sensibilização), de socorro/assistência e de reposição da normalidade.

Rede Viária
REDE VIÁRIA

Implementação da gestão intermunicipal partilhada das infraestruturas rodoviárias como mecanismo de otimização do custo e eficácia das intervenções, promovendo a monitorização contínua do estado de conservação e apoio à gestão da manutenção da rede viária.


Segurança Rodoviária
SEGURANÇA
RODOVIÁRIA

Melhoria do ambiente rodoviário em meio urbano com requalificação do espaço público, e pela criação de programa de ações progressivas na eliminação de zonas de maior sinistralidade rodoviária em meio urbano.


Proteção Civil
GABINETE TÉCNICO
FLORESTAL

O GTF Intermunicipal visa um melhor planeamento e articulação entre os vários GTFs existentes no território do Médio Tejo, bem como na concretização de ações diversas no âmbito florestal.


Sapadores Florestais
SAPADORES FLORESTAIS

Apoio ao funcionamento das brigadas de equipas de sapadores florestais inserido no eixo de intervenção “Defesa da Floresta Contra Incêndios e Agentes Bióticos”.


 

Projetos concluídos

Videovigilância na Floresta
VIDEOVIGILÂNCIA
NA FLORESTA

Reforço das dimensões transversais de monitorização, comunicação e planeamento em matéria preventiva de combate a incêndios, pelo aumento da capacidade operacional em termos de antecipação, reação e recuperação face à ocorrência.


Identificação e Caracterização
IDENTIFICAÇÃO E
CARACTERIZAÇÃO

Fornecimento de estudos de identificação e caracterização de riscos naturais e tecnológicos, nos concelhos de Abrantes, Alcanena, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha.


Prevenção e Gestão
PREVENÇÃO E GESTÃO

Aquisição de equipamentos de proteção individual, necessários aos elementos dos corpos de bombeiros e serviços de proteção civil municipal no combate a incêndios em espaços naturais.


logo-Turismo

Logo-SIG

Logo-CC

Logo-TP