Ação de formação de “Turismo Inclusivo: Oportunidades e Desafios” termina na CIM do Médio Tejo

 

principal 2

No passado dia 10 de março, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, acolheu a terceira sessão da ação de formação de “Turismo Inclusivo: Oportunidades e Desafios”.

Esta terceira sessão fechou um conjunto de ações, que decorreram no dia 18 de fevereiro e também a 3 de março, ministradas pelo formador Dinis Duarte, da Accessible Portugal.

Nesta última sessão, no período da manhã, foi abordado o tema da limitação auditiva, onde marcou presença na CIM do Médio Tejo Marisa Maganinho, responsável pela “Eu Voo”, uma agência de viagens especializada em Turismo Acessível e professora de LGP (língua gestual portuguesa).

No período da tarde, foram abordadas as limitações decorrentes do processo de envelhecimento, como também foi momento para a realização de exercícios práticos com a cadeira de rodas.

Foi num ambiente descontraído e de partilha de conhecimento entre formadores e formandos que decorreram estas ações de formação certificadas.

“Turismo Inclusivo: Oportunidades e Desafios” teve como objetivos a compreensão dos conceitos e enquadramento do Turismo Inclusivo, pretendeu que os formandos desenvolvessem competências técnicas relativas ao apoio e assistência pessoal a prestar a pessoas com necessidades especiais em matéria de mobilidade, orientação e comunicação.

Esta iniciativa esteve integrada no âmbito do Projeto AccessTUR, no qual foi assinado um protocolo entre a CIM do Médio Tejo e a Accessible Portugal, que irá vigorar pelo período de três anos, que conta com a implementação de um plano de atividades.

São várias as atividades a concretizar, que passam pelo desenvolvimento de visitas técnicas TUR4all, que estão a ser realizadas na região do Médio Tejo, assim como a execução de trabalho em rede, ações de formação e de sensibilização.

Está ainda previsto o desenvolvimento de uma plataforma de formação online, a entrega de um KIT de boas práticas (por município), a realização de um vídeo promocional da região Centro, a produção de um guia turístico acessível da região e um manual de Hotel inclusivo, famtrips no território, entre outras.

Este projeto é cofinanciado pela União Europeia, Portugal 2020 e POISE – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, contando ainda com apoio da Turismo Centro de Portugal e das Comunidades Intermunicipais da região Centro.