“Os Caminhos das Pessoas” é o novo projeto Cultural da CIM do Médio Tejo

CIMT

Chama-se “Os Caminhos das Pessoas” e será uma realidade no território do Médio Tejo a partir do próximo ano 2020.

O novo projeto surge na sequência do Caminhos - Programação Cultural em Rede - que voltará à região em 2020, prevendo-se a sua distribuição por três ciclos: em abril – Caminhos do Ferro, em julho – Caminhos da Água e em outubro – Caminhos da Pedra. “Os Caminhos das Pessoas” iniciará logo após, em novembro de 2020, decorrendo seguidamente em 2021 e 2022.

A promoção cultural em rede continua a ser uma preocupação da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, mas, desta vez, muito direcionada para o envolvimento das comunidades locais.

“Este projeto pretende muito mais trabalhar com as comunidades. Não é apenas numa lógica das populações enquanto espectadores num espetáculo, mas sim como parte integrante e envolvidas no próprio evento cultural”, salienta Miguel Pombeiro, secretário executivo da CIM do Médio Tejo.

No último Conselho Intermunicipal, realizado a 12 de dezembro, foi aprovada a proposta de ações a candidatar ao Aviso “Cultura para Todos” do Programa Operacional da Região Centro, candidatura essa que se cifra em cerca de 2 ME, e que será um garante da operacionalização de todo o projeto “Caminhos das Pessoas”. Nesta reunião foram aprovadas as linhas gerais da candidatura e a participação de cada município do Médio Tejo na gestão e no acompanhamento das ações a concretizar.

No âmbito do projeto está prevista a concretização de várias iniciativas, como seja: Ações de dinamização de práticas artísticas e culturais por e ou para grupos excluídos ou socialmente desfavorecidos; Ações de intermediação que favorecem o desenvolvimento de atitudes e capacidades de aprendizagem, com vista à aquisição de competências básicas, pessoais e sociais; Desenvolvimento de projetos inovadores ao nível de respostas integradas que aumentem a coesão social e os sentimentos de pertença à comunidade, através da participação cultural e artística; Desenvolvimento de projetos que concorram para a melhoria do acesso à cultura e à arte, entre outras.

Especificamente, pretende-se o desenvolvimento de atividades com vários grupos-alvo: jovens e adultos em risco de exclusão social; jovens e prosseguimento de estudos; jovens e adultos com baixo nível de capacitação pessoal e profissional; desempregados; indivíduos identificados nos riscos de pobreza; comunidades étnicas, ex. ciganos; comunidades migrantes; indivíduos com deficiência; indivíduos com problemas de saúde, vítimas de violência, ou outros tipos de discriminação, etc.

Por último, salienta a CIM do Médio Tejo que o objetivo específico do “Caminhos das Pessoas” é promover o desenvolvimento de competências pessoais, sociais e profissionais em especial de desempregados, que necessitem de apoio particular para acesso ao mercado de trabalho e desenvolvimento de iniciativas para a inovação, experimentação social e inclusão social.

Notícias

Prev Next

Autarcas voltam a assumir posição e pedem reunião sobre aeródromo de Tancos

Os autarcas do Médio Tejo deliberaram ontem, por unanimidade, no Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo, solicitar uma reunião, com carácter de urgência, ao Ministro das Infraestruturas e da Habitação.

17-01-2020

Está quase aí o Médio Tejo Adapta-(se)

Chama-se Médio Tejo Adapta-(se) e é o novo projeto da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo dirigido ao público escolar.

16-01-2020

“Voo, uma Exposição que cai bem” continua em mostra pelo Médio Tejo em 2020

“Voo, uma Exposição que cai bem” continua em itinerância pelo Médio Tejo em 2020.

16-01-2020

LINK – “Um transporte muito eficiente e interessante”

Foi lançado há um mês e o balanço não podia ser mais positivo. Chama-se LINK e está aí para servir todos os cidadãos que afluem às cidades do Médio Tejo. O...

09-01-2020

LINK – “Aproxima e confere a mobilidade a qualquer pessoa, reduzindo a pegada ecológica”

Parte às 8h00 do terminal rodoviário de Abrantes e regressa às 17h20 de Torres Novas novamente para Abrantes. Chama-se José Prates, é abrantino, tem 56 anos, e foi um dos...

27-12-2019

Programa ao Desenvolvimento das Bibliotecas Públicas será uma realidade

Decorreu no dia 20 de dezembro, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, a cerimónia de assinatura dos contratos relativos aos projetos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Serviços...

26-12-2019

Fátima é palco do Encontro de Investidores da Diáspora em 2020

Fátima, no concelho de Ourém, vai acolher de 9 a 12 de dezembro de 2020, o V Encontro de Investidores da Diáspora.

23-12-2019

“Os Caminhos das Pessoas” é o novo projeto Cultural da CIM do Médio Tejo

Chama-se “Os Caminhos das Pessoas” e será uma realidade no território do Médio Tejo a partir do próximo ano 2020.

20-12-2019

Vice-presidente da CIM do Médio Tejo presente em fórum sobre “Interior”

A EAPN Portugal (Núcleos de Castelo Branco, Portalegre e Santarém), e a ANIMAR promoveram o Fórum: Interior, Incluir para desenvolver: que estratégias? que decorreu no dia 13 de dezembro, na sala...

19-12-2019

Eventos

logo-Turismo

Logo-SIG

Logo-CC

Logo-TP