Espaços M disponíveis a prestar apoio às Vítimas de Violência Doméstica e de Género

maria

O Médio Tejo dispõe de treze estruturas de apoio e atendimento, às Vítimas de Violência Doméstica e de Género, chamadas “Espaços M”, em cada um dos municípios da região.

Estas estruturas surgiram o ano passado, no âmbito do Projeto Maria, da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e encontram-se em pleno funcionamento para prestar todo o apoio necessário.

Com a pandemia do COVID-19 a assolar o país, os Espaços M são soluções a considerar para quem mais precisa de um apoio direcionado e especializado no âmbito da violência doméstica e de género.

Recorde-se que o Projeto Maria é uma iniciativa que tem encetado uma estratégia integrada de intervenção para a área da violência doméstica e de género no Médio Tejo.

Tem como principais objetivos consolidar as respostas municipais e intermunicipais à problemática da violência doméstica e de género existentes; combater o fenómeno da violência doméstica e de género; aumentar o número de casos reportados e sensibilizar e informar para as questões da violência doméstica e de género na região do Médio Tejo.

O Projeto Maria é cofinanciado pelo POISE – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego.

“De acordo com a Convenção do Conselho da Europa para a Prevenção e o Combate à Violência Contra as Mulheres e a Violência Doméstica (Convenção de Istambul) de 2011, a Violência Doméstica abrange todos os atos de violência física, sexual, psicológica ou económica que ocorrem na família ou na unidade doméstica, ou entre cônjuges ou ex-cônjuges, ou entre companheiros/as ou ex-companheiros/as, quer o/a agressor/a coabite ou tenha coabitado, ou não, com a vítima”.

 

Todas as informações aqui- Espaços M no Médio Tejo