Caminhos da Pedra no próximo fim de semana no Médio Tejo

Banners facebook

Ao palco do Caminhos vão subir nomes como Mia Rose, na Sertã, a 12 de outubro e Mundo Cão, no Entroncamento, a abrir o segundo fim de semana, num ciclo com muito mais música. O destaque vai para dois projetos comunitários (o “Segue-me à Capela” no Sardoal e em Vila Nova da Barquinha e a “Escola do Rock Paredes de Coura” em Ourém). O percurso artístico “O Dom da Pena – Moinhos da Pena” com Francisco Goulão em Torres Novas será outra atração deste ciclo.

 

Os Caminhos da Pedra, terceiro e último de três ciclos anuais do Caminhos - programa cultural em rede no Médio Tejo – vai ter lugar de 11 a 13 e 18 a 20 de outubro, em seis municípios da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIM Médio Tejo), com entrada gratuita em todos os espetáculos.

stico em Torres Novas. Nova da Barquinha e para o percurso arto) serve-se com batatas e o azeite ao entrar em conytacto com o

Cerca de 20 espetáculos gratuitos, entre eles muita programação dedicada às crianças, com o Teatro Mais Pequeno do Mundo na Sertã e o espetáculo Petit dos suíços Frutillas com Crema em Ourém. Este ciclo esculpe-se entre os caminhos do Médio Tejo com muita música, bandas locais, revelações nacionais e grandes nomes do panorama musical português.

Destaque para o Projeto Comunitário “Segue-me à Capela”, uma oficina de cantares tradicionais, que passa no primeiro fim de semana pelo Sardoal e no segundo fim de semana por Vila Nova da Barquinha. É um breve périplo pelos cantares tradicionais portugueses monódicos e polifónicos. Preferencialmente, para mulheres (jovens e adultas - M/12), num número máximo de 30 participantes. Inclui uma apresentação, para a comunidade, integrada no espetáculo do grupo “Segue-me à Capela” a 13 de outubro, às 16h, no Centro Cultural Gil Vicente no Sardoal e a 18 de outubro, às 21h30, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha.

Torres Novas, que já fez parte do ciclo Caminhos do Ferro, volta a apostar num Percurso Artístico: “O Dom da Pena - Moinhos da Pena – com Francisco Goulão”. O Ponto de Partida é no Café dos Moinhos da Pena a 19 e 20 de outubro, com duas sessões por dia, às 10h30 e 16h30. Sobre o percurso, Francisco Goulão adianta que “Sem vento tudo pára. A sua força é a vida dos doze moinhos da Pena. As suas velas, as antenas que o captam, transformando-se, por vezes, em monstros fleumáticos, prenunciadores de tragédias, conflitos geradores de histórias, que nos assombram e fascinam”.

No projeto comunitário que vai ser apresentado 20 de outubro, às 18h, na Praça Mouzinho de Albuquerque em Ourém, a “Escola de Rock Paredes de Coura”mostra o resultado de um modelo de trabalho que consiste em residências e campos de férias de curta duração (de 2 a 7 dias) preenchidas com ensaios, formação, sessões de cinema, jam sessions, concertos, demonstrações de instrumentos e workshops. No final de cada residência, ocorre um concerto de apresentação que reúne cerca de 50 músicos em palco, e que é posteriormente apresentado em digressão. Esta iniciativa já permitiu às turmas da Escola do Rock atuar em alguns dos maiores eventos de Portugal, como o Festival Vodafone Paredes de Coura, Serralves em Festa, no Museu de Serralves e Verão na Casa, na Casa da Música.

Banners facebook2

Caminhos da Pedra – Programa por dia e por município

A programação deste ciclo tem ainda muito mais ofertas, com o primeiro fim de semana muito centrado na Sertã, por onde vão passar as acrobacias e malabarismos dos italianos Carpa Diem na sexta, dia 11, às 21h, na Praceta do Pinhal.

No sábado, dia 12, sobe ao palco no castelo da Sertã a artista Mia Rose, considerada a primeira vlogger em Portugal. Os seus vídeos têm milhões de visualizações no Youtube, onde se lançou a solo. É uma das personalidades públicas mais acarinhada pelo público jovem.

No domingo dia 13 de outubro, o dia começa com a atuação da oficina de cantares resultante do projeto comunitário “Segue-me à Capela” no Centro Cultural Gil Vicente, no Sardoal.

Na Sertã, a atividade está concentrada na Alameda da Carvalha, com o Teatro Mais Pequeno do Mundo às 16h30, apresentando a peça “Debaixo do Capuz – Histórias de Devorar e Chorar por Mais”, contadas mesmo debaixo do capuz, para saborear os contos tradicionais, com uma pitada de subversão. Destronando o famoso “viveram felizes para sempre” elas fazem-nos questionar onde mora afinal a felicidade, a verdade, a justiça e a moral neste mundo moderno.

Também na Carvalha, às 21h30, os portugueses Monday, cujo disco de estreia lançado em 2018 foi incluído nas listas de melhores discos do ano da Antena 3 e da Blitz.

Uma das bandeiras do Caminhos é o acesso gratuito a toda a programação cultural, durante os três ciclos anuais (Ferro, Água e Pedra). Este ano com o seguinte calendário: Caminhos do Ferro de 12 a 14 de abril; Caminhos da Água de 12 a 14 e 19 a 21 julho; e Caminhos da Pedra, de 11 a 13 e 18 a 20 outubro.

Os Caminhos do Ferro percorreram Abrantes, Entroncamento, Tomar e Torres Novas em abril. Os Caminhos da Água mergulham em Abrantes, Alcanena, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Vila Rei, e Vila Nova da Barquinha em julho. Os Caminhos da Pedra esculpem-se no Entroncamento, Ourém, Sardoal, Sertã, Torres Novas, e Vila Nova da Barquinha em outubro.

pub

Sobre o Caminhos:

O Caminhos é um projeto que se divide em três ciclos culturais de programação em rede no Médio Tejo, e que envolve 13 municípios. Estreou-se em 2017 com três caminhos a percorrer: os Caminhos do Ferro (abril), os Caminhos da Água (julho) e Caminhos da Pedra (outubro).

O projeto Caminhos surgiu da vontade de 13 municípios em apresentar às suas populações ofertas culturais alternativas, arrojadas e que colocassem o território no mapa artístico e cultural a nível nacional e internacional.

Os grandes objetivos do Caminhos é gerar itinerância de públicos internos, com uma programação cultural diferenciadora, e aumentar o número de visitantes que experienciam, neste período, o território como um todo, como um roteiro turístico e cultural em rede.

Já trouxe ao Médio Tejo alguns dos artistas de maior renome nacional e internacional, com propostas irreverentes e emergentes no panorama atual.

Projeto cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER.

 

 

Notícias

Prev Next

Economia Circular é tema de workshop na CIM do Médio Tejo

  É um tema atual, que urge aprofundar e que CIM do Médio Tejo quer pôr na ordem do dia. Neste sentido, a entidade organizou hoje, na sua sede em Tomar...

11-10-2019

CIM do Médio Tejo está a promover 7 estágios profissionais

  COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO MÉDIO TEJO | AVISO Nos termos e para os efeitos do n.º 1 do artigo 6º do Decreto-Lei n.º 166/2014, de 6 de novembro, alterado e republicado pelo...

10-10-2019

Médio Tejo representado na Semana Europeia das Regiões e dos Municípios

Cinco dos treze autarcas da região do Médio Tejo estiveram presentes de 8 a 10 de outubro em Bruxelas na Semana Europeia das Regiões e dos Municípios. Tratou-se do maior evento...

10-10-2019

Caminhos da Pedra no próximo fim de semana no Médio Tejo

Ao palco do Caminhos vão subir nomes como Mia Rose, na Sertã, a 12 de outubro e Mundo Cão, no Entroncamento, a abrir o segundo fim de semana, num ciclo...

07-10-2019

PEDIME: CIM do Médio Tejo premeia alunos com a realização de um Campo Jovem

Nos dias 26 e 27 de setembro, cerca de 80 alunos do 7º ano de escolaridade dos Agrupamentos de Escolas Verde Horizonte (Mação), Conde de Ourém (Ourém) e Gil Paes...

04-10-2019

Festival Vapor recebeu mais de 7800 visitantes

Em comunicado, o Município do Entroncamento refere que o Festival Vapor - A Steampunk Circus, recebeu mais de 7800 visitantes, no passado fim-de-semana. O evento que se realizou no Museu Nacional...

03-10-2019

Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal reuniu na CIM do Médio Tejo

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo acolheu no dia 27 de setembro, na sua sede, em Tomar, mais uma reunião do Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal (GTFi).

30-09-2019

“Voo, uma Exposição que cai bem” continua em itinerância pelo Médio Tejo. Conheça os locais!

“Voo, uma Exposição que cai bem” está itinerância pelo Médio Tejo, desde o passado mês de julho, mês em que foi inaugurada no parque Ambiental de Santa Margarida, em Constância.

30-09-2019

PEDIME: Equipas Multidisciplinares dão a conhecer projetos. Gestores de Saúde Escolar iniciam funções

O auditório da Escola Secundária Jácome Ratton, em Tomar, foi o local escolhido para a Reunião das Equipas Multidisciplinares do Médio Tejo, no passado dia 19 de setembro. A iniciativa surgiu...

27-09-2019

Est-2020

central-compras

sig

transporte-a-pedido