CIM do Médio Tejo adere ao Pacto para a Conciliação

IMG 6149 edit

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo foi a primeira CIM do país a aderir ao Pacto para a Conciliação – Sistema de Gestão da conciliação da vida profissional, familiar e pessoal. O anúncio foi feito por Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, numa cerimónia sobre o tema que decorreu no dia 11 de julho, no Palácio da Foz, em Lisboa.

A CIM do Médio Tejo esteve representada na ocasião, com  que deram conta que a adesão ao Pacto para a Conciliação é mais um passo que a CIM do Médio Tejo dá neste âmbito, para além de muitas outras medidas implementadas no seio da entidade.

IMG 6170 edit

 

A cerimónia contou com Mariana Vieira da Silva, Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa e prendeu-se com vários momentos, entre os quais: a entrega de diplomas às organizações certificadas, a formalização de adesões ao Pacto para a Conciliação, na qual a CIM do Tejo se enquadrou, e com uma sessão de trabalho dinamizada pela Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros.

Lançado pela Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, em dezembro de 2018, com 47 organizações, o Pacto para a Conciliação conta agora com 58 organizações (desde organismos da administração pública central, a empresas públicas e privadas, câmaras municipais e comunidades intermunicipais, e instituições do ensino superior), as quais assumem o compromisso de implementarem e certificarem um sistema de gestão da conciliação com base na norma portuguesa NP 4552:2016.

Na página oficial do Governo Português, a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade refere que “está em marcha um processo de transformação das nossas organizações de trabalho para que mulheres e homens possam fazer escolhas livres em todas as esferas da sua vida, assente numa igualdade efetiva e na distribuição igualitária do trabalho doméstico e de cuidado”.

Recorde-se que o Pacto para a Conciliação é um dos eixos do Programa «3 em Linha» do Governo, que tem como objetivo promover um maior equilíbrio entre a vida profissional, pessoal e familiar, como condição para uma efetiva igualdade entre homens e mulheres e para uma cidadania plena, que permita a realização de escolhas livres em todas as esferas da vida.

O Pacto para a Conciliação agrega medidas que mobilizam diferentes tipos de entidades empregadoras para o desenvolvimento de práticas promotoras da conciliação e para sua difusão.

IMG 6168 edit

Equipa da CIM do Médio Tejo: Sónia Santos, chefe da equipa multidisciplinar e Paula Fernandes, técnica superior.

 

 

Notícias

Prev Next

CIM do Médio Tejo volta à Bolsa de Turismo de Lisboa

Apostada em promover turisticamente o seu território, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo volta a marcar presença naquela que é considerada a maior Feira de Turismo em Portugal, a Bolsa...

24-01-2020

Aprovado Plano de Economia Circular para o Médio Tejo

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo volta a colocar o tema da Economia Circular na ordem do dia e dar passos importantes neste âmbito. No passado dia 16 de janeiro...

23-01-2020

Autarcas voltam a assumir posição e pedem reunião sobre aeródromo de Tancos

Os autarcas do Médio Tejo deliberaram ontem, por unanimidade, no Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo, solicitar uma reunião, com carácter de urgência, ao Ministro das Infraestruturas e da Habitação.

17-01-2020

Está quase aí o Médio Tejo Adapta-(se)

Chama-se Médio Tejo Adapta-(se) e é o novo projeto da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo dirigido ao público escolar.

16-01-2020

“Voo, uma Exposição que cai bem” continua em mostra pelo Médio Tejo em 2020

“Voo, uma Exposição que cai bem” continua em itinerância pelo Médio Tejo em 2020.

16-01-2020

LINK – “Um transporte muito eficiente e interessante”

Foi lançado há um mês e o balanço não podia ser mais positivo. Chama-se LINK e está aí para servir todos os cidadãos que afluem às cidades do Médio Tejo. O...

09-01-2020

LINK – “Aproxima e confere a mobilidade a qualquer pessoa, reduzindo a pegada ecológica”

Parte às 8h00 do terminal rodoviário de Abrantes e regressa às 17h20 de Torres Novas novamente para Abrantes. Chama-se José Prates, é abrantino, tem 56 anos, e foi um dos...

27-12-2019

Programa ao Desenvolvimento das Bibliotecas Públicas será uma realidade

Decorreu no dia 20 de dezembro, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, a cerimónia de assinatura dos contratos relativos aos projetos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Serviços...

26-12-2019

Fátima é palco do Encontro de Investidores da Diáspora em 2020

Fátima, no concelho de Ourém, vai acolher de 9 a 12 de dezembro de 2020, o V Encontro de Investidores da Diáspora.

23-12-2019

Eventos

logo-Turismo

Logo-SIG

Logo-CC

Logo-TP