Saúde

Os últimos Relatórios de Desenvolvimento Humano classificam Portugal como um país de “desenvolvimento humano muito elevado”, posicionado nos primeiros cinquenta lugares de uma lista com quase duzentos elementos. Os índices dos membros da Organização das Nações Unidas (ONU) são calculados anualmente com base nas variáveis de riqueza, educação e esperança média de vida, salientando-se na última o acesso físico e financeiro das populações aos cuidados médicos.

O resultado obtido não se esgota em si mesmo, antes pelo contrário, legitimando a continuidade das medidas desenvolvidas pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo na região com o intuito de salvaguardar o direito elementar dos cidadãos à saúde, assim como de garantir a qualidade e eficácia na prestação de cuidados de saúde primários (unidades de saúde familiar/centros de saúde), diferenciados (hospitais) e continuados.


Ações

Unidades Móveis para Cuidados de Saúde na Comunidade

   
PROJETO: Unidades Móveis para Cuidados de Saúde na Comunidade  

ENQUADRAMENTO: Aquisição de treze viaturas ligeiras e elétricas, adaptadas para cuidados de saúde junto da comunidade da Região do Médio Tejo, visando contribuir para satisfação das necessidades ao nível dos serviços de saúde da população da região do Médio Tejo.

A aquisição de 13 Unidades Móveis de Saúde pretende contribuir para a qualificação e melhoria dos cuidados de saúde primários e de proximidade prestados à população, nos 13 concelhos do Médio Tejo.

A entidade promotora da candidatura é a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, mediante protocolo de parceria com a ARSLVT e ULS de Castelo Branco, tendo por objeto a forma de cooperação para a utilização das viaturas adaptadas para as unidades móveis de intervenção precoce/ unidades de cuidados na comunidade nos municípios integrantes, no âmbito de atividades de prestação de cuidados de saúde às respetivas populações.

Para a implementação do projeto, considerou-se pertinente privilegiar a opção pela utilização de viaturas elétricas, contribuindo para a sustentabilidade ambiental e indo ao encontro dos critérios de seleção adotados no aviso de concurso no que se refere à adoção das melhores tecnologias e boas práticas, nomeadamente em termos de eficiência energética.

 
OBJETIVOS GLOBAIS & ESPECÍFICOS: Contribuir para o reforço da rede de infraestruturas de saúde, nomeadamente ao nível dos cuidados de saúde primários e de proximidade através da utilização de viaturas móveis adaptadas, para utilização por parte das equipas da ARSLVT e ULS Castelo de Branco para a prestação de cuidados de saúde nos treze concelhos que constituem a região do Médio Tejo. Contribuir para a mitigação das disparidades territoriais ainda existentes em termos de acesso e de qualidade assistencial da rede pública de saúde, melhorando a resposta à satisfação das necessidades ao nível dos serviços de saúde da população da região do Médio Tejo.  
AÇÕES: Aquisição de 13 viaturas ligeiras e elétricas  
CONCELHOS ABRANGIDOS: Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha  

DURAÇÃO: 10/11/2017-15/01/2018

 

DOCUMENTAÇÃO: Ficha de Projeto

 

FINANCIAMENTO: Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

 

Ações de Âmbito Regional

Reunião com Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo

 

Notícias

Prev Next

Autarcas voltam a assumir posição e pedem reunião sobre aeródromo de Tancos

Os autarcas do Médio Tejo deliberaram ontem, por unanimidade, no Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo, solicitar uma reunião, com carácter de urgência, ao Ministro das Infraestruturas e da Habitação.

17-01-2020

Está quase aí o Médio Tejo Adapta-(se)

Chama-se Médio Tejo Adapta-(se) e é o novo projeto da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo dirigido ao público escolar.

16-01-2020

“Voo, uma Exposição que cai bem” continua em mostra pelo Médio Tejo em 2020

“Voo, uma Exposição que cai bem” continua em itinerância pelo Médio Tejo em 2020.

16-01-2020

LINK – “Um transporte muito eficiente e interessante”

Foi lançado há um mês e o balanço não podia ser mais positivo. Chama-se LINK e está aí para servir todos os cidadãos que afluem às cidades do Médio Tejo. O...

09-01-2020

LINK – “Aproxima e confere a mobilidade a qualquer pessoa, reduzindo a pegada ecológica”

Parte às 8h00 do terminal rodoviário de Abrantes e regressa às 17h20 de Torres Novas novamente para Abrantes. Chama-se José Prates, é abrantino, tem 56 anos, e foi um dos...

27-12-2019

Programa ao Desenvolvimento das Bibliotecas Públicas será uma realidade

Decorreu no dia 20 de dezembro, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, a cerimónia de assinatura dos contratos relativos aos projetos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Serviços...

26-12-2019

Fátima é palco do Encontro de Investidores da Diáspora em 2020

Fátima, no concelho de Ourém, vai acolher de 9 a 12 de dezembro de 2020, o V Encontro de Investidores da Diáspora.

23-12-2019

“Os Caminhos das Pessoas” é o novo projeto Cultural da CIM do Médio Tejo

Chama-se “Os Caminhos das Pessoas” e será uma realidade no território do Médio Tejo a partir do próximo ano 2020.

20-12-2019

Vice-presidente da CIM do Médio Tejo presente em fórum sobre “Interior”

A EAPN Portugal (Núcleos de Castelo Branco, Portalegre e Santarém), e a ANIMAR promoveram o Fórum: Interior, Incluir para desenvolver: que estratégias? que decorreu no dia 13 de dezembro, na sala...

19-12-2019

Eventos

logo-Turismo

Logo-SIG

Logo-CC

Logo-TP