Aprovação da candidatura intermunicipal “Formação de Públicos Estratégicos”

  • Imprimir

Logo01

Foi rececionado no passado mês de julho a notificação da decisão de aprovação da candidatura intermunicipal “Formação de Públicos Estratégicos” ao Eixo Prioritário 3 – Promover a inclusão social e combater a pobreza e a discriminação, do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego. Pretende-se que a mesma promova o desenvolvimento de um plano de formação para qualificar os/as profissionais de diversas áreas de competências em domínios associados à promoção da igualdade de género, à prevenção e combate às discriminações em razão do sexo e da identidade de género, à prevenção e combate à violência doméstica e, em geral, à violência de género.

Com a implementação desta candidatura pretende-se promover as seguintes ações de formação:

a) Ações de formação de públicos estratégicos com intervenção no domínio da promoção da igualdade de género e da prevenção e combate à discriminação em razão do sexo, da orientação sexual e da identidade de género;

b) Ações de formação de públicos estratégicos com intervenção no domínio da prevenção e combate à violência doméstica e, em geral, à violência de género;

c) Ações de formação de formadores/as para obtenção da certificação ou especialização em igualdade de género.

O público-alvo das ações de formação a desenvolver é o seguinte:

- Agentes de formação

- Pessoal docente e não docente

- Agentes sociais

- Pessoal dos serviços de saúde

Este projeto terá como parceiros a Associação de Mulheres Contra a Violência (AMCV); a União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) e os Agrupamentos de Escolas A 23 e Templários.

Esta candidatura teve o seu início, no dia 24 de outubro, com a ação de formação “Género, Igualdade e Cidadania”, destinada aos docentes do Centro de Formação “Os Templários”.